Notícias

6 coisas que você achou que sabia sobre SDN

Mitos e desinformação são características quase sempre presentes no surgimento de tecnologias inovadoras e disruptivas, especialmente no caso das soluções de rede definidas por software, o software-defined networking (SDN).

Captura de Tela 2014-05-29 às 15.07.24

Com toda a expectativa em torno do SDN, algumas vezes informações imprecisas ou falsas circulam na Internet. Veja alguns dos mitos mais comuns sobre esta tecnologia:

1. SDN é apenas para grandes data centers na nuvem
Alguns profissionais de TI afirmam que o SDN serve exclusivamente para grande data centers que rodam em nuvem, sejam públicas, privadas ou híbridas. Mas a simples realidade é que o SDN é adequado para todos os níveis de data centers, tornando a configuração, gestão e monitoramento em tarefas muito mais simples, portanto, exigindo menos mão de obra de TI. Esta é uma preocupação ainda mais crítica em organizações menores, que não contam com a infraestrutura de TI de uma grande empresa.

2. A implementação de SDN vai custar empregos
Apesar dos ambientes SDN habilitados exigirem menos recursos para funcionar quando comparados com ambientes de rede tradicionais, isso não significa que as posições necessárias para manter a rede em execução serão perdidas. Os talentos de TI serão redirecionados para outras áreas, o que permite um maior enfoque na inovação e maior flexibilidade para responder aos novos desafios de TI.

3. O SDN trata apenas da redução de CAPEX / OPEX.
Ainda que isso fosse verdade, estaria errado? Ambas as tecnologias têm sido promovidas com base na redução de custos. Os benefícios no longo prazo também permitem que as organizações implementem com agilidade as alterações à rede, respondam rapidamente às necessidades empresariais e lancem novas tecnologias ou iniciativas de negócio sem a necessidade de comprar mais hardware. Ou seja, SDN não é simplesmente sobre os custos de hoje, é sobre as inovações de amanhã também.

4 . Já configuramos os servidores virtualizados. O trabalho aqui está feito.
Estendendo os princípios da virtualização de servidores para a rede por meio da substituição do hardware dedicado( tradicional)  por uma infraestrutura de rede virtualizada e mais flexível traz benefícios valiosos. Como a rede torna-se mais centrada no servidor, o SDN permite que a rede se estenda para o servidor, proporcionando uma gestão adequada e visibilidade total do tráfego interno do servidor. Quem não quer mais visibilidade e controle?

5 . Implementação SDN significa substituir sua rede de data center de uma só vez.
Enquanto você pode substituir sua infraestrutura de rede inteira com um ambiente SDN habilitado em apenas um dia, isso, certamente, não é um requisito para uma implantação de SDN de sucesso. Há muitas formas de migrar de uma infraestrutura de rede tradicional para o SDN. Isso pode ser tão simples como a fabricação de dispositivos SDN a escolha para os seus componentes de rede, como parte de seu plano de atualização de hardware ou implantação de SDN sempre que um novo equipamento for adicionado para novos projetos ou crescimento de infraestrutura. O SDN convive facilmente com tecnologias de rede existentes e uma implementação bem organizada pode aliviar a sua ansiedade.

6. SDN simplesmente não está pronto para o horário nobre.
O SDN é mais do que apenas hype ou tecnologia beta neste momento. Está bem estabelecido em ambientes de produção e está sendo usado regularmente por grandes fornecedores de redes. Mesmo aqueles com uma grande base de hardware proprietário que já estão no mercado têm tudo para adotarem o SDN. Esta não é uma tentativa preventiva para minimizar a importância do SDN para o futuro da rede, assumindo que é apenas mais uma tecnologia de rede, mas um reconhecimento de que o SDN está redefinindo o cenário de rede e, portanto, trata-se de uma parte necessária para qualquer modelo de negócio futuro.